Por que não comemoro o ouro da seleção masculina de futebol?


O Brasil é um país maravilhoso. Um povo bom. Uma cultura riquíssima. Muitos valores culturais e humanos. Porém, tem uma elite perversa. 

O futebol - uma "paixão nacional” - há algum tempo foi furtado pelos segmentos piores da nossa sociedade: a cbf, a globo, os patrocinadores, os jogadores milionários, os endinheirados. Tudo sendo transformado em mercadoria; puro consumo. 

Ouvir Galvão e Ronaldo falar na INSTITUIÇÃO SELEÇÃO BRASILEIRA me dá nojo... Me desculpem a franqueza.

E a paixão de uma nação passou a ser de e para poucos, nas arenas espetaculosas - desde a Copa - e nos canais fechados de TV. Quem estava torcendo, no velho Maraca, nessas Olimpíadas? Os brancos, ricos e poderosos que podem comprar ingressos caros; eventos para um público de elite. 

Em 1950, quando a seleção perdeu o final da Copa, era o povo que lotava o Maracanã. E o povo chorou... As fotos que registraram aquele momento mostram as múltiplas faces dos muitos brasis naquela ocasião... E agora? Quem estava lá?

A vitória do Brasil poderá ser usada como lenitivo para manipular o povo em tempos de governo golpista. Como em tempos pretéritos, exibirá para o mundo que tudo está bem no país. Os manipuladores de sempre, os globais e outros tantos, conhecem muito bem a arte de usar o futebol para tamponar os problemas nacionais.


Mas, nada está bem. Tudo está muito mal. Vencemos o desafio de organizar uma Olimpíada. Estamos perdendo, e feio, o jogo da Democracia. Um bando da pior qualidade tomou de assalto o poder e imprimirá mais sofrimento e dor ao povo deste país. 

Nas redes sociais o interino, de imediato, quis faturar. A reação popular foi imediata. Chega de tanta usurpação!

Espero que a vitória da seleção não sufoque uma insatisfação generalizada que toma conta do país. Inclusive que haja reação contra essa estrutura perversa de se apropriar das belas criações da nossa cultura popular, como o futebol, e transformá-las em produtos  para poucos.

Viva o povo brasileiro. Torço para o Brasil. Mas, para um Brasil de e para todos os brasileiros e as brasileiras. 

E não comemoro o ouro da seleção de futebol da cbf, porque acho que esse escrete não representa o espírito da nossa Nação.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da PUC Minas manifestam-se a favor das ocupações, contra PEC 55, reforma do ensino médio e escola sem partido

Juristocracia que respaldou o golpe quer dar um novo golpe

Mais um "milagre" do Papa Francisco?