10º encontro nacional do Movimento Nacional de Fé e Política aprova documento contra o golpe



O encontro nacional do Movimento Nacional de Fé e Política reuniu centenas de militantes de movimentos sociais e pastorais no período entre 22 e 24 de abril, em Campina Grande, na Paraíba. 

O Movimento Nacional Fé e Política (MF&P) foi criado em junho de 1989, durante um encontro de pessoas unidas pela fé cristã engajada nas lutas populares, com o objetivo de alimentar a dimensão ética e espiritual que deve animar a atividade política. Deixar-se animar pelo Espírito de vida, é a essência do Movimento Fé e Política, que não propõe diretrizes para ação política dos cristãos, nem se comporta como se fosse uma tendência político-partidária, mas que luta pela superação do capitalismo por meio da construção de um sistema sócio-econômico solidário e respeitoso da vida do Planeta. Ao longo de sua existência o MF&P promoveu encontros de estudo, dias de espiritualidade e publicou quinze Cadernos de Fé e Política. Dez anos após sua criação, atento à nova conjuntura dos movimentos sociais, o Movimento passou a promover grandes encontros nacionais de Fé e Política.

Por definir-se como um serviço de formação e estímulo a grupos de reflexão, o MF&P não é mais do que um grupo informal de serviço aos grupos de base. Sua organização é muito simples, pois, com exceção da secretária-executiva – que recebe uma ajuda de custo – todos os seus membros são voluntários que arcam até com os próprios gastos de viagem para as reuniões. Sua coordenação geral é formada por seis membros escolhidos entre os antigos militantes mais dois representantes de cada estado dos locais onde foram realizados encontros nacionais. A secretaria-executiva é encarregada de ajudar a equipe do local onde será realizado o Encontro, produzir e publicar textos que ajudem a reflexão dos grupos, alimentar a página do Movimento na internet e fazer a articulação geral entre os grupos interessados. O espaço onde tudo acontece de fato é nos grupos de base. O Movimento apenas lhes proporciona incentivos e ideias. 

No período entre os dias 22 e 24 de abril de 2016, em Campina Grande (PB), aconteceu o 10º Encontro Nacional de Fé e Política. O evento reuniu lideranças de movimentos sociais e pastorais, grupos e escolas de fé e política, sociólogos, professores, militantes, sindicalistas e estudantes vindos de todas as regiões do Brasil, na Universidade Federal de Campina Grande.

Abaixo, o vídeo com a leitura da Carta de Campina Grande, na qual os participantes do 10º encontro se posicionam contra o golpe parlamentar e midiático-jurídico-empresarial-elitista em curso no Brasil.
Carta de Campina Grande, do 10º encontro do Movimento Nacional de Fé e Política.
Nota Pública
Se também você compreendesse hoje
o caminho da Paz!
 (Lc. 19, 42)
Nós, participantes do 10º Encontro Nacional de Fé e Política, viemos a público para afirmar nossa rejeição ao golpe que está sendo executado por forças antidemocráticas e antipopulares. Não aceitamos que essas forças tomem o governo federal contrariando a vontade nacional expressa nas eleições de 2014, assim como rejeitamos o modelo econômico baseado na restrição dos direitos trabalhistas, dos programas sociais e da soberania nacional.
A votação da Câmara Federal do dia 17 de abril foi uma fraude patrocinada por pessoas corruptas e pela grande mídia, porque ficou evidente não haver crime de responsabilidade cometido pela presidenta Dilma Rousseff. Repudiamos as declarações de deputados e deputadas que usaram o nome de Deus e citações da Bíblia para justificar seu apoio à ruptura constitucional.
Conclamamos as forças democráticas e populares a se manifestarem publicamente em defesa do Estado de Direito. Comprometemo-nos a nos unir a todos os movimentos e entidades do campo democrático participando da jornada contra o golpe no dia 1º de maio.
Neste momento difícil, seremos coerentes com os princípios éticos que devem guiar a ação política.
As águas da Solidariedade e as sementes da Esperança nos firmam nesse compromisso!
Campina Grande – PB, 24 de abril de 2016.

O 10º encontro foi realizado numa parceria entre o Movimento Nacional de Fé e Política, a Universidade Federal de Campina Grande, a Diocese local e a Cáritas do Brasil.
(Com informações do site do MF&P)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da PUC Minas manifestam-se a favor das ocupações, contra PEC 55, reforma do ensino médio e escola sem partido

Juristocracia que respaldou o golpe quer dar um novo golpe

Mais um "milagre" do Papa Francisco?