Divulgação: "QUEM COMANDA A SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL



Editora: Letramento - site: www.editoraletramento.com.br (envio para todo o Brasil)
Autor: Robson Sávio Reis Souza
Páginas: 340

LIVRO PRODUZ AMPLA ANÁLISE DA POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA 

Com foco na gestão nos governos FHC, Lula e Dilma, o livro analisa as raízes sócio-históricas e político-culturais que conformam o atual sistema de segurança pública brasileiro

O principal objetivo da publicação é provocar um debate sobre a situação da segurança e a necessidade de mudanças nessa política. 

Indispensável para gestores, operadores e estudiosos da segurança pública, o livro descreve minuciosamente o processo de identificação de coalizões que alteraram a política nacional de segurança pública, apontando os objetivos, as crenças, ideias e percepções dos atores envolvidos nesse processo de mudanças, nos últimos 20 anos.  


O livro é apresentado pelo antropólogo e escritor Luiz Eduardo Soares, autor de vários livros, entre eles Elite da Tropa, que faz as seguintes considerações:

"Considero este livro de Robson Sávio Reis Souza uma contribuição muito importante, tanto do ponto de vista reflexivo e acadêmico, quanto do ponto de vista histórico, político, prático. Desde logo, trata-se do primeiro estudo dedicado à política nacional de segurança pública, no Brasil democrático, isto é, pós-promulgação da Constituição federal de 1988 (...). A análise é riquíssima porque mapeia perspectivas, disposições, sensibilidades, conceitos e projetos, que estão longe de esgotarem-se em planos de governo ou programas de políticas públicas de órgãos específicos. Ao contrário, a cartografia elaborada pelo autor, com engenho e atenção de ourives, aplica-se -  desde que se respeitem peculiaridades, níveis de elaboração e consistência, gradações, nuances e mediações - à sociedade, isto é, à análise de vertentes da cultura política brasileira, associadas à temática criminal e da insegurança pública.(...)

O livro mostra a passagem de paradigmas, em que se sucedem distintas perspectivas de segurança pública: militarizada, civil e cidadã. (...) Robson trabalha com uma pluralidade de questões, que remetem a diferentes disciplinas, como história, política, comunicação, direito, sociologia, antropologia e administração pública. A multiplicidade de interlocuções, tácitas ou explícitas, enriquece o livro, de resto uma leitura fascinante, escrito com a agilidade do pensamento vigoroso e o cuidado didático do professor, além de uma vibração típica de um parceiro de travessia, que transmite sempre a sensação de que desejaria que sua obra fosse acolhida como um convite ao diálogo.

O momento da publicação do presente livro torna-o ainda mais precioso. Quando há sombras e ódio por toda parte, as polarizações radicais obstam a negociação de consensos mínimos que permitam caminhar, ondas regressivas ameaçam conquistas da cidadania e o ressentimento infiltra-se como veneno no metabolismo político da sociedade, uma obra que organiza as diferenças e ajuda a hierarquizar contradições e convergências, atuais e potenciais, pode fazer a diferença. Robson aporta uma dose rara de racionalidade e clareza, contribuindo decisivamente para o conhecimento de processos importantes e a formulação de intervenções virtuosas, de inspiração republicana." 

(LUIZ EDUARDO SOARES, antropólogo, ex-secretário nacional de segurança pública, autor de Elite da Tropa, entre outros livros).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da PUC Minas manifestam-se a favor das ocupações, contra PEC 55, reforma do ensino médio e escola sem partido

Mais um "milagre" do Papa Francisco?

Juristocracia que respaldou o golpe quer dar um novo golpe